A NOSSA CASA

por MINT INTERIOR DESIGN

E finalmente o post que vocês tanto me pediram “Vanessa mostra a tua casa, please” Aqui está ele!!

A demora deveu-se a pequenos atrasos que acontecem, por peças que demoram algum tempo a chegar, por queremos também que fique tudo bem e por vezes faltar só “aquele” quadro que vai fazer a diferença. Ok ok não vos consigo dizer que ache que a casa esteja a 100%, mas está a 95%, há sempre pequenas coisas mais funcionais que depois temos de comprar, ou para arrumar ou para organizar.

Mudamos de casa em março e concluímos a decoração há cerca de um mês. Tivemos algumas parcerias que nos ajudaram a que tudo ainda ficasse mais bonito. Na hora de começar a decorar uma casa temos sempre milhares de ideias, coisas que gostamos… mas a nossa casa é grande e eu estava com dificuldades em conseguir perceber o que iria fazer. Um dia em conversa uma pessoa que conheço sugeriu me apresentar-me uma amiga que é decoradora que estava a começar e que adorava decorar a minha casa, ahaha logo eu que quero fazer tudo à minha maneira, mas pensei que não perdia nada em recebe-la e perceber se me ajudava ou não. Eis que conheço a Teresa Pietra Torres  que tinha aberto o seu atelier Mint Interior Design recentemente. Bastante clara e assertiva, mostrou me que seria simples e económico decorar uma casa grande, bastava procurar e organizar o que queríamos.

Não só agradou-me tudo o que ela dizia como a achei a pessoa mais porreira do mundo 🙂 queria ficar com a Teresa, e trabalhar com ela. Com o tempo ela foi me mostrando ideias, 3D, tecidos, papeis, materiais… enfim… um mundo de coisas que sozinha não teria acesso. Rapidamente chegamos algumas conclusões e estar com a Teresa a decidir coisas da casa passou a ser a minha hora preferida do dia.

O que mais gostei de fazer  foi escolher os papeis de parede, como podem ver coloquei papel de parede na casa de banho social, perdi a cabeça e convenci o Marco de que ter passarinhos na casa de banho ia ser um máximo e a verdade é que ninguém fica indiferente a essa divisão. A casa é toda branca, quando digo toda é toda menos o chão… então eu queria torna-la acolhedora e menos “fria”, parecia quase um corredor de hospital de tão branca que era. Papel de parede foi a solução e pintar uma parede da sala também.

Havia peças chaves que teríamos de por para compor a sala. Precisávamos de uma estante grande (3 metros), de uma parador igualmente grande (2 metros) e uma mesa de apoio. Encontrei tudo no mesmo sítio, na TEMAHOME que já conheço alguns anos e é fácil uma pessoa gostar de tudo o que eles tem.

Os cadeirões foi uma ideia minha mas concretizada pela Teresa. Isto porque os cadeirões são super caros e estava a custar-me dar tanto dinheiro por dois cadeirões e tinham que ser dois e amarelos. Então a Teresa através de várias inspirações conseguiu pelo preço de um cadeirão caro, fazer dois! Compramos os cadeirões numa loja de grande consumo e mandamos forrar à nossa maneira com um tecido TOP. ahaha E problema resolvido.

Depois das peças principais estarem definidas, as paredes preenchidas, tapetes e cortinas e a casa a  começar a ganhar forma faltavam pormenores para preencher a casa.

Na Beliani encontrei o puff que está na sala em tricot que dá imensa pinta, no escritório coloquei a mesa de apoio com arrumação ao lado do sofá que também é sofá-cama. E ainda um aquecedor de exterior que já vos mostrei nos stories. O site Beliani é um mundo de coisas giras, vale a pena navegar nele. Por cima desse sofá-cama tenho uma peça muito especial da querida Ana Morais que me ofereceu o marcamé da sua marca Casulo.

E não há casa sem conforto e onde encontrei as peças de casa de qualidade foi no El Corte Inglês Casa e Decoração, quando conheci a nova colecção nem sabia por onde começar. Todo o conjunto da cama é de lá, e o resultado é uma cama de hotel super confortável e apetecível. Tal como as almofadas da sala e peças decorativas do aparador e estante são do El Corte Inglês. Como estamos em época natalícia passem pelo site e vejam toda a oferta que é de perder a cabeça.

A famosa Dreambooks que vocês já ouviram falar muito nos meus stories ficou a cargo das impressões gigantes e de alta qualidade dos posters da casa de banho, onde eu coloquei na minha casa de banho uma fotografia da minha produção para a Women’s Health e o Marco na casa de banho dele uma fotografia na altura da competição MensPhysique.

Para terminei mostro-vos um cantinho muito especial da varanda, que é grande e por esse motivo desde que mudei de casa dediquei me às plantas, comprei algumas e adoro cuidar delas. A TexMB como sabia disso enviou-me dois suporte de vasos em macramé muito lindos feitos à mão.

Como podem ver não é fácil, é extensa toda a procura, há milhares de marcas com muita oferta, mas estas foram as que confiei e vos recomendo.

A Teresa é uma óptima profissional, no meio deste processo todo é convidada a ser uma das decoradoras do famoso programa Querido Mudei a Casa, e eu fico muito feliz por ela, porque ela merece todo o sucesso do mundo, e o melhor de tudo foi ficarmos amigas!

Ela não podia passar por aqui sem deixar umas palavras sobre este projecto, e aqui está ela:

“Fazer o projecto da casa da Vanessa e do Marco, foi um desafio, confesso que não sabia para o que ia, não tinha a noção do que gostavam e do que procuravam. Na nossa primeira reunião, foi uma boa surpresa encontrar uma casa praticamente vazia, com mais margem para criar, achava eu.

Em primeiro lugar a Vanessa é muito rigorosa e sabe muito bem o que quer e do que gosta. Ela já tinha encontrado peças que gostava de incluir na casa o que exigiu adaptação e flexibilidade  mas a sua integração produziu resultados fantásticos. Uma mais valia. Tal como eu, a Vanessa gosta de correr riscos, o que tornou o desafio mais interessante e muito maior a motivação

O resultado foi um projecto cheio de mudanças, recuos, busca das melhores soluções, intransigência face a soluções que não fossem as mais adequadas. 
Aprendi muito com o projecto da Vanessa, porque apesar de termos visões diferentes, foi super interessante trabalharmos em conjunto para encontrarmos as melhores opções e conseguirmos harmonizar no mesmo espaço soluções que pareciam tão contraditórias.
Fiquei muito contente com o resultado final que ficou fantástico. No hall e na casa de banho social arriscámos mais por serem locais de passagem e na sala e quartos optámos por soluções mais neutras e cleans, mas sempre inspiradoras e criativas. 
Sei que ganhei novos amigos, demo-nos muito bem (apesar do mau feitio da Vanessa ahah) e as sessões de trabalho foram todas muito simpáticas e agradáveis. 
É uma felicidade para mim ver que a família está muito contente e que se sentem tão bem em casa.” 
Obrigada El Corte Inglês, TemaHome, Casulo, Beliani, Desenio, Laboratório de Estorias, DreamBooks, TexMB.
Photos: António Medeiros
www.mintdesign.pt

 

Share on Facebook1.7kTweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest4Share on Reddit0Share on Tumblr0