3…

Se não brilharmos na passagem para um novo ano, brilhamos quando?

Não é por acaso que texturas brilhantes costumam ser o dress code da noite de 31 de dezembro. Queremos encerrar um capítulo e avançar com o pé direito para uma nova era, e há poucos materiais capazes de o transmitir tão bem as lantejoulas. Por outro lado, somos mulheres que encerram no inconsciente uma atração infantil e perpétua por tudo o que brilha e usamos a passagem de ano como um pretexto para dar aso às fantasias de bolas de espelhos. Parece-nos legítimo.

VM

____

If we don’t shine on the transition to the new year, when will we?

It is no accident that bright textures are often the dress code of the night of december 31st. We want to close one chapter and move forward to a new era, and there are few materials capable of transmitting that feeling as well as sequins. On the other side, we are women, and we contain an unconscious, childish and perpetual attraction to all that shines, and we use New Year’s Eve as a pretext to give wings to all our mirror ball fantasies. Seems legit.

Photos: António Medeiros Production: Frederica Styling: Vanessa Martins Vestido: Malene Birger Make-up & Hair: Vanessa Martins Special Thanks: Global Press

Share on Facebook18Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on Reddit0Share on Tumblr0