MY ARGUMENT

CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS

 Vestir um fato é sinónimo de poder: verdadeiro. Vestir um fato significa deixar a diversão em casa: falso.

 

Está na altura de acabar com quaisquer mitos sobre a formalidade dos fatos. Sim, é verdade que a homogeneidade de duas peças traz coesão ao look. E sim, também não é mentira que as peças estruturadas tendem a trazer a austeridade estética ao quotidiano.

 

Mas é irrefutável que o estilo encontrou – como sempre – formas de dar a volta à questão: como trocar a camisa pela t-shirt e os pumps pelos slippers, acessorizar com mestria e saber que menos é mais. Se grande parte do segredo está na escolha “suit” em si – como este, da Mango, em que as calças justas são as culpadas pela informalidade -, a alma do negócio está em perceber que a energia executiva pode ser usada a favor do fator “cool“.

 

Irina Chitas

———————–

Fato: Mango

Mala: Louis Vuitton

Loaffers: Mango

Capa Ipad: Mango

Relógio: Certina

Óculos de sol: Mango 

 

Fotos: Henrique Gavaia

 

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest4Share on Reddit0Share on Tumblr0