HELLO BANGKOK

Olá Banguecoque! Prazer em conhecer-te!

Depois de um dia inteiro de viagem chego finalmente a novo continente para mim  desconhecido, por esse motivo não tinha qualquer expectativa do que ia encontrar e por mais que me falassem da Tailândia, não há nada como ver com os próprios olhos.

A viagem foi super tranquila e apesar de ter feito escala em Istambul e demorado um dia a cá chegar a Turkish Airlines tornou a experiência muito positiva, conforto, comida, atendimento e muito mais sem qualquer objecção. Ah e se tiverem oportunidade passem no lounge da Turkish em Istambul porque foi considerado um dos mais bonitos do mundo, e comprova-se.

Primeira impressão: QUE CALOR!!!!!! É verdade, somos invadidos por um clima quente e bastante húmido. E nesta altura 95‰ das vezes nublado, sem nunca se ver o céu azul.

Há comida por todo o lado, deve ser o negócio numero 1 da Tailândia. Para quem gosta de comida tailandesa como eu, está no céu.

O jet lag aqui são de mais 6 horas e apesar de não ter conseguido dormir no avião, cheguei e fui logo fazer o roteiro turístico, Grande Palácio, Wat Pho, Bairro Chinês foram um dos locais de passagem e paragens obrigatórias para quem quer conhecer Banguecoque. Atenção, nos templos não podem entrar com roupa que não tapem nem os ombros e joelhos. Caso não vão preparados terão de comprar para entrar. É sem excepções, eles não deixam mesmo entrar.

Já sabia que tudo era muito mais barato aqui, não tardei a fazer massagens (há imensas casas só para isso em qualquer lugar), por 2,5€ (30min) ou 5€ (1h)! A comida é muito barata, mas se forem aos locais perto de atracções turísticas ou que tenham AC, ou que sejam mais “internacionais” pagam por um prato 6€, isto porque fora desse circulo pagam por uma refeição menos de metade. O mais caro são as bebidas feitas com fruta ou chás, que chegam a ser o mesmo preço que um prato. Se forem para os refrigerantes pagam 0,50cent.

Aconselho também a fazerem uma paragem pelo mercado das flores, é muito bonito! 🙂

Nestes dois dias fiquei hospedada no Millennium Hilton que tem uma vista incrível no rooftop.  Agora é vez de dizer adeus e conhecer as ilhas tailandesas. Penso que os 2 dias foram suficientes para conhecer a essência desta cidade de 12 milhões de habitantes.

Quando forem horas de vocês lerem este post já eu estarei a chegar à primeira ilha a visitar: Koh Samiu.

Fiquem por ai 🙂

VM

Turkish Airlines; Millennium Hilton Bangkok, W Koh Samui; Kupu Kupu Phangan Beach Villas and Spa By L’Occitan; Asiatique; Turismo Tailândes; Destination Asia

 

 

 

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on Reddit0Share on Tumblr0