MINDCOFFEE

MindCoffee

O verão trás as férias, os dias longos, os festivais… Enfim… as “noitadas” com os amigos e todas essas coisas que nos iluminam a alma!

Porém, o dia a seguir pode ser tão penoso que, a maioria das vezes, recorremos ao café… a dobrar ou a triplicar! Mas, e se pudermos revitalizar a mente (e consequentemente o corpo) com menos, ou nenhuma cafeina, não seria melhor para o organismo?

Claro que sim! O MindCoffee é simples, super saudável e mais: é grátis!

Tal como a cafeina, o momento de relaxamento meditativo mindful vai ajudar a reduzir a adenosina no organismo, aquele neurotransmissor que indica ao nosso corpo o quanto cansados estamos e que nos faz querer parar!

Mas, não se assustem! Não é preciso ser Yogui, Budista ou ficar sentado de pernas cruzadas.

Por isso, aqui ficam as dicas para fazer o seu MindCoffee!

  1. Tire, pelo menos, 10 minutos para ficar sozinha, de preferência ao ar livre. (Caso não o possa fazer escolha um sitio da sua casa, ou do local de trabalho, em que possa estar sem ninguém a incomodar);
  2. Sente-se confortavelmente, não se deite pois pode adormecer e por agora não é isso que se pretende (a menos que o possa fazer!);
  3. Inspire e expire 3 vezes, profundamente mas devagar. (Quando expirar, deite fora o ar devagar, até achar que já não tem mais ar para sair);
  4. Feche os olhos (e sinta o quanto é bom fechar os olhos! Dê valor a esse ato);
  5. Entregue-se ao momento, por mais que lhe possa estar a doer a cabeça ou a sentir-se indisposta: «Eu mereço este momento. Este momento é só meu. Eu permito-me relaxar»;
  6. Foque-se no “aqui” e “agora” e aceite o que está a sentir: «Agora estou aqui (no quarto, ou escritório, ou ao ar livre…) e aceito, tranquilamente, que estou a sentir (cansaço, ou dor de cabeça, ou indisposição, etc.)». Inspire e expire novamente, devagar;
  7. Calmamente, ainda de olhos fechados, ponha a sua atenção nos sons que a possam rodear. Sem tentar explicar porque é que estão ali ou porque é que fazem esse barulho, tente aperceber-se que sons são: «Ouço, ao longe, um carro… Agora alguém a falar…, etc.»;
  8. Quando o pensamento se perder (é normalíssimo!), inspire e expire profundamente mas devagar e fique um pouco focada na sua respiração: «Agora estou a inspirar… e agora a expirar…»;
  9. Volte a focar-se nos sons que a possam rodear e quando o pensamento se perder, quando der conta que já está a pensar noutras coisas, repita o ponto 8;
  10. Quando se fartar deste momento abra os olhos devagar e foque a sua atenção no espaço que a rodeia, sentindo mesmo que está “aqui” e “agora”;
  11. Levante-se devagar e usufrua dos efeitos naturais do MindCoffee!

Segredo: Vá treinando, quando puder e lhe apetecer, para que tenha um maior e melhor efeito nos tais “dias seguintes”.

 

  

P’la Escola de Mindfulness Essencial
Vanda do Nascimento
(Terapeuta, Formadora e Instrutora de Mindfulness Essencial)

Para mais informações sobre meditação e mindfulness sigam o FACEBOOK da escola.

Share on Facebook106Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on Reddit0Share on Tumblr0