I’VE GOT YOU UNDER MY SKIN

Mostrar demasiada pele é vulgaridade. Saber que área de pele mostrar é elegância.

Há uma linha que separa a tendência da usabilidade. Essa linha é o bom senso. É preciso conhecer o nosso corpo e ter o discernimento de entender que nem todas as pseudo-sugestões estilísticas são para ser seguidas. Os crop tops fazem parte desta categoria.

Mas quando são emparelhados com uma saia de cintura subida, o caso muda de figura. O excerto de corpo que é exibido é meticulosamente calculado entre o fim do top e o início da saia, e pode ser conjugado consoante a silhueta em causa. Não é difícil de usar; pode muito bem ser sóbrio mas conter a injeção de jovialidade e diversão sem as quais o gosto por vestir bem não faria sentido. É uma questão de jogo – daqueles em que ninguém sai vencido.

VM

______

To show too much skin is vulgarity. Knowing what area of skin show is elegance .

There is a line that separates a trend from usability. That line is common sense. You have to know your body and have the discernment to understand that not all pseudo- stylistic suggestions are to be followed. The crop tops are part of this category. 

But when they are paired with a high waisted skirt, is another matter. The body excerpt that is displayed is meticulously calculated between the end of the top and the top of the skirt, and can be combined depending on the silhouette in question. It is not difficult to use; it may well be sober but contains the injection of playfulness and fun without which the taste for dressing well does not make sense. It is a matter of game – those in which nobody gets beaten.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest3Share on Reddit0Share on Tumblr0