POR AMOR

MdLx

Não é por dinheiro. Não é por mediatismo. Não é, sequer, pelo reconhecimento. É por amor.

À arte, à roupa, a Portugal. Aqui, a Moda não se faz porque é fácil, faz-se porque os sonhos são inevitáveis e a vontade de lutar é superior a qualquer crise. Começando pelo Sangue Novo e terminando na velha guarda, e seja conceptual ou mais comercial, quem desfila na ModaLisboa não pode pensar em lucros e rendimentos quando as conjunturas são desfavoráveis e as mentalidades ainda não estão orientadas para o consumo de Moda de autor totalmente feito em Portugal. Mas luta-se, com unhas e dentes, com coleções de qualidade e com a injeção de nomes como Luís Carvalho ou Nair Xavier.

Luta-se com peças usáveis, com atitudes voltadas para a venda e com planos de marketing que começam, agora, a ser desenvolvidos. Luta-se por uma indústria em desenvolvimento, pelos postos de emprego, pelas sinergias com fábricas. Em Lisboa, este fim de semana, lutou-se por Portugal.

Irina Chitas

Share on Facebook3Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on Reddit0Share on Tumblr0