PRETTY WOMAN

WALKING DOWN THE STREET

Há mulheres e mulheres. Há as que param o trânsito, as que prendem olhares, as que viram cabeças.

As que se vestem para eles. As que se vestem para elas. Mas as Mulheres com “M” maiúsculo – aquelas sobre as quais se escrevem epopeias – são as que se vestem para elas próprias. As que andam para elas próprias. As que pintam os lábios para elas próprias. As que, quando saem de casa, não planeiam ser as mais bonitas da sala; mas são.

As que, quando se penteiam, não pensam estar a criar uma tendência; mas estão. As que nem sequer tentam ter uma presença estonteante, mas têm. Há mulheres e mulheres.

E embora a arte de bem vestir possa ser a arma, a confiança é sempre a munição.

Irina Chitas

Share on Facebook42Tweet about this on TwitterShare on Google+1Pin on Pinterest0Share on Reddit0Share on Tumblr0